Dreminas QUARENTENA SEM FOME

Dreminas QUARENTENA SEM FOME
 Humanidades    Belo Horizonte - MG  

Quarentena sem fome é uma iniciativa da Dreminas pra ajudar as famílias de pessoas portadoras de doença falciforme a não passar necessidade

Maria Zenó Soares da Silva


R$ 260
0% de R$ 110.000 necessários

7
pessoas já apoiaram esse projeto!
Período de arrecadação encerrado
Ver recompensas

Sobre o Projeto



 

O número de famílias necessitadas aumentou durante período de quarentena: A pandemia do Coronavírus e o isolamento social necessário ao enfrentamento da doença escancaram outros problemas sociais. É o caso das pessoas com Doença Falciforme, patologia genética que afeta a estrutura das hemoglobinas, podendo levar à morte ou a diversas comorbidades. 

 

Além de serem consideradas grupo de risco da Coovid-19, muitas dessas pessoas com Doença Falciforme estão, também, em situação de vulnerabilidade social. Isso porque essa é uma doença prevalente na população negra, que historicamente é afetada pela desigualdade social e marginalizada para as periferias. Além disso, é uma patologia grave, que exige cuidado médico constante, de maneira que muitas mães deixam seus empregos para trabalharem na informalidade e acompanharem de perto o tratamento de seus filhos.

 

A Presidente da Associação de Pessoas com Doença Falciforme em Minas Gerais (Dreminas), Maria Zenó Soares da Silva, explica que a instituição sem fins lucrativos existe justamente para dar apoio a essas famílias. Mas, segundo ela, nesse período de quarentena os recursos da Dreminas estão sendo insuficientes. “O número de famílias necessitadas aumentou devido ao contexto de pandemia e há algumas demandas urgentes, como a complementação alimentar de crianças de até dois anos de idade”.

 

A presidente destaca como é difícil a rotina das crianças com a Doença Falciforme. São constantes as visitas ao hospital, seja para exames, acompanhamento ou internação em caso de crises de dor, que infelizmente são muito comuns nessa patologia. “Essas crianças não têm uma infância fácil: já sofrem muito com o tratamento e as dores da doença, então não podem sofrer também por falta de alimento, que é um direito básico delas. A Dreminas trabalha por isso e, nesse momento, conta com o apoio da população para amenizar o sofrimento dessas crianças”, destaca.

 


Sobre a Dreminas

 

Fundada em 1988 em Belo Horizonte, a Associação Dreminas é constituída por amigos, familiares e pessoas com Doença Falciforme. É uma instituição sem fins lucrativos, que tem como missão contribuir para a redução da mortalidade pela doença em Minas Gerais. A Dreminas faz isso por meio da educação da sociedade sobre a patologia e sua gravidade, além do apoio às famílias de pacientes em vulnerabilidade social. A instituição atende 7.600 pacientes distribuídos em todo o estado de Minas Gerais. 

 



A associação tem uma demanda imediata de arrecadar 37.200 caixas de leite para atender 1205 crianças, que se encontram em condições socioeconômicas desfavoráveis e em tratamento no Hemominas. Entre elas 736 estão em situação mais grave porque sofreram AVC em decorrência da Anemia Falciforme. “Uma criança de até dois anos toma, em média, um litro de leite por dia, segundo o setor de nutrição do Hemominas. Então, precisamos arrecadar essa quantidade de leite para garantir a complementação da alimentação delas, pelo menos, no mês de maio”

A associação também recebe outros tipos de doações, como alimentos diversos e produtos de higiene.





Atualizações


O projeto ainda não possui atualizações. Mas fique ligado que em breve teremos novidades ;)

Metas


Apoiadores

7 pessoas já apoiaram esse projeto!

© 2019 Evoé Cultural. All rights reserved