SALVE O ESPAÇO COMUM LUIZ ESTRELA EM TEMPOS DE CORONAVÍRUS!

https://www.youtube.com/watch?v=gYf7rOTfaxY
 Patrimônio Cultural     Belo Horizonte - MG  
 Projeto recorrente  

Campanha de apoio ao Espaço Comum Luiz estrela para a manutenção do centro cultural em tempos de pandemia

Borda Cidade Convivencia Pesquisa


R$ 705 este mês
29% de R$ 2.407,85 por mês necessários

23
pessoas já apoiaram esse projeto!
Apoio mensal!
Você pode apoiar este projeto mensalmente
Ver recompensas

Sobre o Projeto


 

Mais de um ano após o início da pandemia da COVID-19, o Espaço Comum Luiz Estrela se reinventou e precisa continuar se reinventando. Distribuímos lanches na Vila Aparecida durante a pandemia, realizamos festivais e eventos online, montamos espetáculos, fizemos debates, produzimos materiais gráficos e digitais. As portas físicas do casarão foram fechadas, mas as atividades dos núcleos e integrantes do espaço permaneceram ativas. Queremos continuar na preservação das várias camadas de memória que constituem a casarona, sede do espaço Comum Luiz Estrela e, para atingirmos nosso objetivo, contamos com o apoio da sociedade civil para colaborar na manutenção das atividades e invenção de novos futuros.

O presente projeto visa a manutenção das despesas básicas do Espaço Comum Luiz Estrela por 9 meses. O ECLE é uma ocupação artística-cultural em um casarão histórico tombado pelo patrimônio municipal em 1994, que está sob os cuidados de um grupo de artistas, educadores e ativistas desde outubro de 2013. O Espaço, que conta com ampla participação e mobilização de membros da comunidade e da cidade, se consolidou como referência na autogestão de atividades culturais, em especial no campo da restauração e memória do patrimônio cultural. Ao longo destes  quase 8 anos de existência, o Espaço consolidou uma programação de atividades semanais distribuídas em diferentes Núcleos de Pesquisa-Ação, além de atividades pontuais organizadas de forma autogestionada por artistas e produtores culturais que buscam locais abertos e gratuitos para realização das suas atividades. 

O coletivo de pessoas, assim como o espaço físico, carinhosamente chamado de “Casarona” da rua Manaus 348, tem atuado como uma incubadora e multiplicadora de ações culturais, sociais, educacionais e políticas. Diversos agentes, produtores e diretores realizaram eventos, durante esses 8 anos, em parceria com o Espaço Comum Luiz Estrela, que então se estabeleceu como uma referência de lugar criativo e experimental aberto a todos. Para receber, apoiar e “adubar” todas essas pessoas e encontros, a Ocupação precisa concretizar ações básicas de manutenção que incluem o pagamento de água, luz, internet, contabilidade, sistema de segurança, despesas bancárias e a equipe gestora chamada de Conselho Comum

Maio

Nossa primeira atividade online foi o I Pequeno Festival de Delicadezas do {CriarCura?}, em homenagem a luta antimanicomial, no dia 18 de maio.

Primeira live da Escola Comum com Michelle Capuchinho dirigente estadual do setor de formação do MST.

Junho

Primeiro Cine Estrela online

Julho

Parceria MOB, Estrela e Vila Aparecida para distribuição de lanches

Festival Inverno Estelar

Agosto

s de debates da Escola Comum sobre rumos e práticas da educação

Setembro 

Ocupação do instagram por @ciber_org [e_dit - uma ginástica autobiográfica fragmentada em vários selfies]

Outubro 

VII Festival de Primavera [online]

Dezembro

Becos Sonoros com Trupe Estrela

Ao longo do ano houveram vários debates com a Escola Comum, sessões do Cine Estrela online, dentre outros eventos.

Em 2021, continuamos com os chás da Cozinha Comum, lives da Escola Comum, Conexão Restauro com o Núcleo de Restauro, espetáculo-multi-solo da Trupe Estrela com Danilo Mata e outras atividades e encontros online que movimentam o espaço e sua teia virtual.

 

Os 7 Núcleos de pesquisa/ação que existem no Estrela atualmente, possuem equipes que variam entre 5 a 20 pessoas. Sendo eles:

Núcleo de Patrimônio, Memória e Restauração: formado por arquitetas, engenheiros, arqueólogas e historiadoras, atua na pesquisa histórica e arqueológica do casarão assim como na restauração do imóvel conforme projeto arquitetônico aprovado pela Diretoria de Patrimônio Cultural do município em 2015;

Trupe Estrela:  pesquisa, desenvolvimento e realização de espetáculos e intervenções teatrais a partir de temáticas pertinentes ao grupo e ao casarão, tais como, a questão racial, loucura, situação de rua, arte-ativismo e LGBTQI+ -etc.;

Núcleo de Audiovisual: registra a memória imagética da ocupação e do imóvel, além de promover sessões de cinema comentado por meio do Cine Estrela;

Núcleo “{Criar,Cura?}”: promove o acolhimento e o diálogo entre a arte, a convivência e a loucura, envolvendo pessoas em situação de rua, familiares e usuários dos serviços de saúde mental e  rede socioassistencial que funciona no entorno do casarão e território centro-sul e leste;

Núcleo de Permacultura: pesquisa e experimenta soluções alternativas e sustentáveis para ocupação do espaço, tais como, banheiro seco, horta comunitária, captação de ågua da chuva, jardinagem, experimentações culinárias, dentre outras; 

Cozinha Comum: Fomenta a alimentação saudável e coletiva; Estimula a experimentação e descoberta/revelação dos alimentos tradicionais. Promove oficinas, encontros, banquetes, xepas, almoços, cafés e lanches em diversas situações durante o ano inclusive com a vizinhança local.

Núcleo da Escola Comum: professores, pedagogos e psicólogos que se encontram para elaboração de um Projeto Pedagógico de uma futura Escola Livre dentro do Espaço Comum Luiz Estrela. 

Além dos núcleos, o estrela funciona através de secretarias que cuidam de suas questões administrativas e de gestão. Clique ao lado para conhece-las: SECRETARIAS

O Espaço também tem atividades recorrentes. Clique abaixo para saber mais:

ATIVIDADES RECORRENTES DO ESPAÇO COMUM LUIZ ESTRELA

 

 

Funcionamos em um casarão que, quando inaugurado em 1914, era um Hospital Militar; em 1947, foi um manicômio infantil; já na década de 1980, deu lugar à uma escola para crianças consideradas portadoras de “necessidades especiais”, conforme política pedagógica adotada no período em questão. Tombado a nível municipal em 1994, o edifício ficou abandonado pelo poder público e em 26 de outubro de 2013, após duas décadas de degradação e descumprimento da função social da propriedade, ativistas ocuparam o casarão.

Tinha início ali, o Espaço Comum Luiz Estrela, criado com o objetivo de salvar o imóvel tombado e virar um centro cultural. Sua legitimidade é reconhecida pelo Estado, com cessão de uso do imóvel à sociedade civil pelo período de 20 anos. Desde então, diversas atividades têm sido realizadas, e muitas delas são reconhecidas nacionalmente. Em 2017, por exemplo, o Espaço recebeu do IPHAN o Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade, prêmio do patrimônio mais importante do Brasil. Saiba mais sobre o prêmio clicando AQUI.

Nomeamos o Espaço Comum em homenagem à Luiz Otávio da Silva, a Estrela, para que sua história e brilho sigam iluminando, sem serem esquecidas. Vivia na rua e tinha vários amigos. Poetisa, escrevia seus pensamentos em folhas soltas, numa espécie de diário desencadernado. Participava das mobilizações artísticas e culturais da cidade. LGBTQIA+, era uma militante da diversidade. Luiz Estrela era muitas e foi assassinada no centro de BH na noite do dia 26 de junho de 2013. Sua morte não foi investigada.

 



 

Ações comunitárias    R$ 288,00
Núcleos e secretarias    R$ 600,00
Água    R$ 80,00
Luz    R$ 130,00
Internet    R$ 136,50
Manutenção e Monitoramento Sistema de Segurança    R$ 150,00
Contabilidade    R$ 250,00
Tarifas Bancárias    R$ 174,37
Taxas Anuais    R$ 150,00
Taxas Bienais    R$ 41,00
Extra eventualidades    R$ 150,00
% Evoé    R$ 257,98
   
     R$ 2.149,87
     R$ 257,98
     R$ 2.407,85

Atualizações

25/05/2022 20:46

Semana Nacional dos Museus - Um museu Estelar? Quais os caminhos?

 

 

Recentemente o Estrela entrou para a lista oficial do Ibram (Instituto Brasileiro de Museus) como um Museu de Território/Ecomuseu, um conceito criado nos anos 70 para identificar espaços em que a comunidade é fundamental no processo museológico, intervindo nas suas diferentes fases, desde a concepção, execução e manutenção. O Coletivo do Espaço Comum Luiz Estrela, que cuida desta casarona, patrimônio histórico tombado, segue na missão de entender as concepções museológicas vitais para os espaços de cultura e memória.  Com esse objetivo o Espaço Comum Luiz Estrela em parceria com a UFMG, promoveu neste último sábado (21/05) dentro da programação da Semana Nacional dos Museus, uma roda de conversa guiada por um time de peso.

 

 

12/05/2022 12:33

[CONVITE] Feirinha Estelar

 

A Feirinha Estelar, do Espaço Comum Luiz Estrela, acontece neste sábado, dia 14 de maio de 2022, das 9h às 15h, na casarona da Rua Manaus, 348, Bairro Santa Efigênia. Esta Feirinha, que nasceu em 2015, vem se reestruturando após período de isolamento e segue com o intuito de abrir espaços para artistas, artesãos, cozinheiras, pequenos produtores e agricultura familiar exibirem seus trabalhos, pesquisas e produtos. O evento, que se propõe mensal, funciona também como um dia de “Casarona Aberta”, quando quase todos os ambientes, corredores, portas, janelas e quartos, ficam abertos à visitação, acompanhada de integrantes do Coletivo, que ali estarão para contar um pouco das várias histórias que compõem esta ocupação cultural icônica de Minas Gerais.

A lista completa de atividades e de expositores da Feirinha Estelar pode ser encontrada nas redes sociais do coletivo. Você também tem a opção de não buscar nas mídias e ir presencialmente no dia do evento, descobrir por si o charme que é esse lugar.

 

Programe-se

O quê: Feirinha Estelar – Espaço Comum Luiz Estrela

Quando: Sábado - 14 de maio, das 9h às 16h

Onde: Espaço Comum Luiz Estrela (Rua Manaus, 348 – Santa Efigênia)

Entrada: Gratuita

Informações: Instagram da Feirinha Estelar (https://www.instagram.com/feiraestelar/)

30/04/2022 15:42

[CONVITE] Mostra de vídeos sobre cerâmica

Na Mostra da videoteca de Heloísa Alvim e Leonardo Alvim, serão exibidos vídeos selecionados por Heloísa Alvim e haverá uma roda de conversa com a presença da artista. Uma oportunidade de conhecer a diversidade de técnicas e povos, gestos e comunidades de prática, em sua expressão na argila e no tempo presente.

A mostra conta com apoio do Espaço Comum Luiz Estrela e do Cine Estrela. Contamos com a sua presença!

***Sujeito a lotação do espaço.

19/04/2022 15:46

Sessão presencial e roda de conversa

[Convite]

Hoje, quarta 20/4 às 19h30 teremos sessão do Cine Estrela com duas obras que abordam a força política de sujeitos num determinado período histórico (ditadura civil-militar abordada em “Duas Histórias”) e num tempo presente que se estende até tocar o futuro (Destino). Teremos uma conversa com Marco Antônio Meyer (militante trocado no sequestro do embaixador) e Matheus Gepeto (diretor).

   

Destino: Dir. Matheus Gepeto, 3’, 2020

O curta metragem "Destino" (2020, Minas Gerais, Brasil) vem para falarmos a respeito do encontro consigo, com o outro e com o Horizonte. O tempo e espaço misturam-se quando temos a consciência de que precisamos lutar para gerar mudanças futuras, afinal a eternidade existe no instante e somos vistos pelo nosso futuro.

Duas Histórias: Dir. Angela Zoé, 53’, 2014.  Elenco: Letícia Sabatela, Irles Carvalho, Marco Antônio Meyer

O filme conta a trajetória de dois militantes na luta contra a ditadura militar. A primeira história narra a fuga do Brasil para o Chile da militante Irles Carvalho, que vivia na clandestinidade com seu filho, Daniel. A segunda história é de Marco Antônio Meyer, militante estudantil, preso, torturado e depois trocado pelo embaixador alemão. Duas experiências com diferentes concepções políticas de resistência à ditadura. Iguais na coragem, na dor, na sobrevivência e superação.

 

>>>Entrada gratuita. Sujeito a lotação do espaço.<<<

19/04/2022 15:00

Exibição do filme A primeira perda da minha vida

 

Os núcleos Escola Comum & Cine Estrela em uma parceria com o Grupo Galpão, apresentaram no sábado (12/04), o curta-metragem 'A primeira perda da minha' vida + uma roda de conversa com a participação da diretora Inês Peixoto e a atriz Teuda Bara, além da participação da protagonista Bárbara Luz.

Na história do curta, Kafka se depara com uma menina chorando em uma praça. Descobre então que o motivo do seu sofrimento era o sumiço de sua boneca favorita. Para consolá-la ele inventa que ela foi viajar, mas que mandaria cartas. E começa, então, a escrever suas aventuras e peripécias, ensinando a menina a importância das separações.

O público presente na salona do casarão, pode embarcar de forma gratuita, no universo do teatro e do cinema através da fábula gravada no Galpão Cine Horto.

 

 

06/12/2021 20:47

Feirinha Estelar está de volta!

espaco-comum-luiz-estrela-feirinha-estelar

 

A casarona está se preparando para reabrir as portas para atividades presenciais e a novidade é que a Feirinha Estelar está de volta!

Nos últimos meses, membres do nosso coletivo e também pessoas interessadas em manter nosso sonho vivo, vem se encontrando e trabalhando para retomada dos trabalhos e restabelecimento da feirinha como uma possível atividade permanente no Espaço.

Somos produtores, artesãos, artistas e desenvolvedores de pequenas marcas de produtos artesanais variados da cidade de Belo Horizonte e região. 

É pela arte, a agroecologia, a luta antimanicomial e pelo consumo consciente que no sábado, dia 11 de dezembro esperamos vocês, das 9 da manhã às 15 da tarde.

Estamos nos preparando para uma festa linda! Cheguem com vontade, coração aberto, sacolas de compras e mascarades. Seguiremos todos os protocolos sanitários de segurança.

Para acompanhar os preparativos da feira e saber mais sobre quem participa, visite o perfil da Feirinha @feiraestelar

Sejam todes bem vindes! 
A casarona é nossa!

22/10/2021 17:15

[CONVITE] Inscrições abertas para as oficinas da Trupe Estrela no 8º Festival de Primavera


O 8º Festival de Primavera do Espaço Comum Luiz Estrela começa semana que vem! 
Mas já estamos atentas e na área, bora se inscrever pras oficinas babadissimas que a @trupeestrela vai fazer durante o festival? Se liga aí no que vai rolar:


Oficina de voz como instrumento de ocupação, com Danilo Mata.
SINOPSE: Uma oficina com duração de 6 horas, divididas em dois dias, que pretende exercitar a voz como instrumento de ocupação cênica do espaço. Na oficina praticaremos exercícios de aquecimento vocal, de dicção e articulação, de projeção vocal e a voz cantada para cena. Vamos experimentar a interpretação de textos e canções com intuito dramático, identificando os locais de ressonância da voz no corpo, além da importância da inflexão verbal na assertividade do discurso cênico.
Dias 25/10 e 27/10, de 9h30 às 12h30
Oficina presencial na Casarona (Rua Manaus, 348, Santa Efigênia).



Oficina para criação cinematográfica e atuação em videopoemas
SINOPSE: Através da experiência prática e teórica do poeta e ator Luscas Gonçalves e do cineasta e ator Matheus Gepeto, a oficina compartilhará modos de realização e criação de videopoemas de forma teórica e prática.
Data e horário: 25/10, às 19h30 às 20h45
Plataforma: Zoom



Performan-si: Oficina para criação de esboços cênicos a partir de narrativas pessoais, com Manu Pessoa.
Sinopse: A oficina propõe criar esboços cênicos a partir de subjetividades pessoais passíveis de serem reorganizadas, re-significadas e até reinventadas. Para tanto, realizaremos exercícios práticos perpassados por dispositivos cênicos, escuta ativa e materialidades que conduzirão a diferentes possibilidades de auto representação em arte. Espera-se que no conjunto de elementos escolhidos o trabalho autoral de cada um se revele.
Dia 26/10 e 29/10, 9h às 12h
Oficina presencial na Casarona (Rua Manaus, 348, Santa Efigênia)

// As atividades híbridas irão acontecer respeitando todos os protocolos de segurança contra a COVID-19. Xô Corona! //

 
FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO: https://docs.google.com/forms/d/1j9NUYl4s92mGZ5QdeYS3eb3ea_BuXjKU4FJATuI4q-Q/viewform?edit_requested=true

Mais informações nas nossas mídias @espacoluizestrela 

22/07/2021 18:29

[PROGRAMAÇÃO 3º INVERNO ESTELAR]

Aooooooo, passando aí na sua timeline a programação geral do 3º Inverno Estelar! 
A programação ocorrerá de 23 a 31 de julho, virtualmente e híbrido! 

Nesse Inverno viramos nossos olhos para dentro da casarona e nos fizemos a seguinte pergunta: Quem ocupa o Espaço Comum Luiz Estrela? E desafiamos nossos núcleos, artistas e amigos que ocupam o coletivo a mandarem propostas que ocupem novamente o espaço virtual estelar.

E não deu outra, hein? Estaremos conectadas no Instagram, Youtube e Spotify! Já acessa o link da bio pra não perder nada e seguir a gente em tudo!

PS: As atividades híbridas irão acontecer respeitando todos os protocolos de segurança contra a COVID-19. Caso irá participar, acesse o nosso protocolo no link da bio do nosso Instagram. Xô Corona! <3

LINK PRO NOSSO INSTAGRAM: https://www.instagram.com/espacoluizestrela/ 

 ATENÇÃO: Este festival é feito na tora, sem patrocínio. Ele acontece graças a colabores e es artistas envolvides, apoie nossa campanha na EVOÉ! 

 

22/07/2021 18:19

3º Inverno Estelar





O 3º INVERNO ESTELAR CHEGOU! 
A programação ocorrerá de 23 a 31 de julho, virtualmente e híbrido! 

Entendendo que ainda não podemos abrir as portas da casarona para o público físico, aglomeradin do jeito que a gente gosta, estamos aqui vivas e resistindo nessa vida cibernética. Dessa vez, abrimos as nossas portas para dentro, nos fazendo a seguinte pergunta: Quem ocupa o Espaço Comum Luiz Estrela? 

O que vocês irão ver dessa terceira edição do Inverno Estelar são propostas dos nossos núcleos e artistas estelares! Vai rolar rodas de conversas, oficinas, espetáculos radiofônicos, exposições, vídeo performances, circo, cozinha comum, bicicletadas e acima de tudo, muitas trocas. 

Você tá preparade? 

Aviso para curtir essa experiência estrela-cibernética: Estamos conectadas no Instagram, YouTube e Spotify. Então curta, comenta e compartilha! Vamos juntes! 

 ATENÇÃO: Este festival é feito na tora, sem patrocínio. Ele acontece graças a colabores e es artistas envolvides, apoie nossa campanha na EVOÉ! O link tá na bio. 

22/04/2021 18:06

Nota Sobre a Segurança do Espaço Comum Luiz Estrela





Em tempos difíceis, nos reconhecemos nos outros.


O Espaço Comum Luiz Estrela busca, através da autogestão e do carinho, criar um ambiente comum para todes; mas para que essa casarona e pátio tragam novas perspectivas para mais gente, precisamos que sejam tratadas com cuidado e respeito.


Durante essa pandemia, estamos passando por tentativas de invasão e arrombamento que nos entristeceram muito. Recentemente, as nossas portas centenárias que passaram por anos de reparos e restauração, sofreram danos físicos numa tentativa de arrombamento.


Nós já instalamos alarmes, câmeras, concertina, contamos com nossa rede de vizinhos e com as pessoas ligadas aos nossos núcleos para continuarmos de pé e vivas. Fizemos melhorias na nossa rede de segurança e somos feitos de laços fortes de afeto que vão se multiplicar ainda mais nos próximos anos.


Sermos resistência de felicidade e afeto, é um contraponto ao ódio que assola o mundo. Em um Espaço que já tem o Comum no próprio nome e que acredita na força do coletivo, contamos com a colaboração da comunidade para cuidarmos da nossa memória.


Juntes, resistiremos! Gratidão a todes que constroem juntes essa história, principalmente também à você que apoia nossa companha!


*caso você seja nosse vizinhe nas redondezas da Rua Manaus e queira colaborar com essa rede, chama a gente no inbox do Instagram @espacoluizestrela!

28/02/2021 10:27

Isso é só um almoço de domingo! - círculo comida comum <3

Saindo do forno da Cozinha Comum, um convite de Lais Velloso e Silvia Herval:


Neste domingo, 28 de fevereiro, às 11h, nós, da Dobra, vamos partilhar um pouco sobre os ensaios realizados na Cozinha Comum, do Espaço Comum Luiz Estrela. 


Faremos também um almoço coletivo virtual, junto es participantes convidades para esta ação que chamamos de “Isso é só um almoço de domingo”, a partir dos ingredientes investigados nos últimos dois meses pelo projeto “Círculo Comida Comum”, aprovado pela Lei Aldir Blanc 2020.


A transmissão será feita ao vivo pela plataforma do youtube, acesso via QRcode e link na bio.


LINK DA AÇÃO: https://www.youtube.com/watch?v=ZdB5JF3t0tk


Você é convidade especial! Esperamos você lá! <3

09/07/2019 23:05

1º Inverno Estelar do Espaço Comum Luiz Estrela!

ESTÁ CHEGANDO O GRANDE DIA!

O Espaço Comum Luiz Estrela aguarda a todes de portas abertas, para viver mais um momento importante na história do casarão: No próximo sábado, na Rua Manaus, 348, Santa Efigênia, haverá um evento mara para lançarmos nosso site, nossa campanha de financiamento coletivo (Evoé) e o nosso Jornal Comum!

Para um projeto radicalmente democrático, horizontal e que funciona na autogestão, esse momento de abertura para o mundo é muito importante e mais importante ainda será a sua presença. Venham, aguardamos todes!

O QUE VAI ROLAR?

Lançamento do Jornal Comum, do site do Espaço Comum Luiz Estrela e da Campanha de Financiamento Coletivo da EVOÉ (para site e Evoé haverá computadores disponíveis para acesso)

  • 13h às 18h: A maravilhosa FEIRINHA ESTELAR está de volta ocupando o pátio, com seus produtos e comidas potentes, artesanais.
  • 14h às 15h (dentro do casarão): Roda de conversa sobre INCÊNDIOS EM PATRIMÔNIO CULTURAL, promovida pelo núcleo de RESTAURO, com o Professor da EA/UFMG, Paulo Gustavo von Krüger.
  • 15h às 17h: SARAU COMUM! Venha e traga sua poesia e sua arte para ser compartilhada e como o amor, reverberar na multidão. Abertura com participação de atores da TRUPE ESTRELA.
  • 17h às 17h40: SHOW DO TRIO PELUQUERIA.

INTERVENÇÕES:

> Escalda pés com o núcleo {CRIAR, CURA?}

> PINTURA ao vivo com Marcinho

> COZINHA COMUM

> LOJINHA ESTELAR, com venda de bottons, copos e adesivos maravilhosos do espaço. > O dinheiro arrecadado com a venda vai diretamente para reformas urgentes do casarão.<


Conhece nossa campanha permanente na EVOÉ? veja só: www.evoe.cc/luiz-estrela

No dia também vai rolar um "chapéu da evoé" para quem quiser fazer parte da campanha e não tem cartão de crédito! ?


> Por estarmos sem luz no pátio o evento vai até às 18h <

Simbora!




CONFIRME SUA PRESENÇA NO EVENTO DO FACEBOOK: https://www.facebook.com/events/707745333015208/

Apoiadores

23 pessoas já apoiaram esse projeto!
R$ 705
29% de R$ 2.407,85 necessários
Apoio mensal!

23

pessoas já apoiaram esse projeto!

© 2021 Evoé Cultural. All rights reserved