Humanidades

Nós somos SEU VIZINHO

Projeto recorrente
https://www.youtube.com/watch?v=ZDHVMUykPqM&feature=youtu.be
O que é

Uma Escola de Artes Periférica e Livre que promove transformação social através da arte, cultura, educação e geração de renda no Serrão.

SEU VIZINHO Belo Horizonte - MG Contato Facebook Instagram
R$ 1.155 este mês
38% de R$ 3.000 por mês necessários
Apoio mensal!
Você pode apoiar este projeto mensalmente


5 pessoas já apoiaram esse projeto!

Sobre o Projeto



O SEU VIZINHO surgiu na Vila Marçola, no Aglomerado da Serra, a 3ª maior favela do Brasil, como um Bloco de Carnaval da periferia em novembro de 2014.


Na época, o carnaval de rua estava crescendo muito em BH e, na visão da FAMÍLIA RIBEIRO, que reside no Aglomerado, e seus AMIGOS, a comunidade, que já ficava à margem e sem acesso a vários direitos, estava ficando de fora também da festa da cidade.


“Pouquíssimos blocos faziam desfile nas quebradas e mesmo assim, quando faziam, a favela acabava só assistindo.”


O Bloco de Favela Seu Vizinho foi criado por essa família de moradores e amigos e, desde seu 1º desfile em 2015 não parou de crescer e arrastar os foliões da comunidade e os que vêm de vários locais da cidade.



Ao montar um Bloco DE FAVELA e PRA FAVELA, a gente nunca quis separar o MORRO e o ASFALTO, na verdade a gente só quer UNIR A CIDADE, fortalecer quem precisa e mostrar a realidade da quebrada. Porque aqui tem muito mais coisa boa do que aquilo que aparece na mídia.”




Com o passar do tempo o projeto foi se transformando, ampliando as ações e, hoje, o Bloco virou uma Escola de Artes Periférica e Livre que desenvolve várias atividades culturais, oficinas, apresentações, cursos e também produz eventos na comunidade.


O público do SEU VIZINHO inclui CRIANÇAS, ADOLESCENTES, ADULTOS e IDOSOS, que moram em diferentes vilas do Aglomerado e em outros bairros. E nos nossos eventos aparece gente de vários lugares, até de outros países.


A gente também conquistou a nossa CASINHA, nossa SEDE, nossa MANSÃO. Fica na Vila Marçola, é simples e alugada mas cuidamos com muito carinho, como se fosse nossa. Todo mundo pode entrar, brincar, ensinar e aprender. Tem água, luz, banheiro, biblioteca, jogos, internet pra galera fazer trabalho de escola e também dar aquela conferida no zap, porque se comunicar também é um direito!



O nosso OBJETIVO é fazer uma TRANSFORMAÇÃO SOCIAL no Aglomerado da Serra e em BH através da Arte, Cultura, Educação e Geração de Renda para a comunidade.


Desde o princípio, nossas ações são orientadas pelas questões do nosso TERRITÓRIO. Essas questões nos levam a discutir sobre (des)igualdade social, relações étnico-raciais, direitos humanos, preconceito, racismo, economia local, igualdade de gênero, lugar de fala, entre outros temas relacionados.


E a gente não quer fazer isso sozinhos. Sempre que possível, envolvendo outros coletivos e agentes do Aglomerado da Serra e de outras quebradas. Porque a gente anda é JUNTO!


Bora dividir o que a gente sabe? Bora dividir o que a gente tem?


A VIZINHANÇA unida é mais forte! E, de um jeito ou de outro, todo mundo pode ser SEU VIZINHO!


Nós SOMOS!



As doações nos dão fôlego pra gente continuar fazendo o que a gente já faz! Hoje o nosso GASTO MENSAL é de 3 MIL REAIS, mas se a gente bater as outras metas vamos poder FAZER MUITO MAIS, envolvendo a comunidade e impulsionando as pessoas do Serrão!


Essa é a situação atual, incluindo mais 1 pessoa na equipe, a Nilza, mãe do Tubarão, ralando com a gente pra dividirmos as tarefas, porque o corre tá muito pesado, e pra mantermos nossa sede aberta mais dias da semana!


Da hora! Assim a gente dá mais um passo e consegue desenvolver mais 2 oficinais com 4 turmas, atuando em outras vilas: Cavaquinho (Prof. Chassi) e Sopro (Profa. Luiza)!


Aí é! Assim a gente gera mais impacto e consegue envolver mais 1 pessoa na equipe, a Walesca, que participa da Oficina de Percussão, da Banda dos Jovens e que já contribui assumindo várias responsabilidades no projeto. Se ela ralar com a gente vamos poder oferecer mais atividades culturais todo os dias, como cinema, leitura, jogos e brincadeiras, etc!


Maladeza total! Assim a gente envolve uma galera de outras vilas e outros bairros realizando uma ação ou evento gratuito na quebrada – a ideia é promover uma programação cultural, apresentações do SV e de outros grupos, gerar renda para a comunidade, desfrutar das datas comemorativas do calendários, etc.


Aí é pra lacrar! Isso é a quebrada pela quebrada! A gente caminhando junto e dividindo o que tem! Assim a gente consegue realizar aqui no Serrão um EDITAL e um processo de FORMAÇÃO sobre estratégias de sobrevivência na carreira artística para quem tá chegando agora na cena ou precisa de algum apoio. Um tipo de consultoria cultural para novos projetos e, pra fazermos isso, a gente precisaria envolver mais 1 pessoa na nossa equipe.



Se você não puder ajudar financeiramente, mas tiver algum desses itens e puder doar pra gente, vai ser maravilhoso:


+ Geladeira

+ Fogão

+ Livros de literatura

+ Jogos pedagógicos

+ Quadro branco

+ Câmeras Fotográficas para foto e vídeos

+ Instrumentos Musicais (percussão, cavaquinho, violão, flauta, teclado, etc)

+ Equipamentos de Som (microfones, cabos, pedestais, caixas de som, etc.)

+ Panelas industriais

+ Alimentos ou Ingredientes para produção dos lanches

+ Material de escritório (pincel/canetão de quadro branco, papel, lápis, caneta, grampo de grampeador, tesoura, cola, etc.)